Eternize as suas memórias.

Como vencer a procrastinação na hora de escrever o seu livro?

Confira dicas para manter o foco na escrita e vencer a procrastinação durante a produção do seu livro.

A escrita de um livro se dá pela dedicação diária. Pequenos textos que vão sendo produzidos a cada dia e que juntos resultam na obra completa.

Por se tratar de um texto longo e que exige um longo período de dedicação, muitas pessoas acabam sofrendo com a procrastinação durante a produção de livros.

Procrastinar nada mais é do que adiar tarefas que precisam ser feitas. Ou seja, por falta de inspiração, bloqueios criativos ou qualquer outro motivo aleatório, o escritor vai deixando a continuidade da sua obra sempre para depois. 

O problema pode se tornar tão difícil, que a pessoa arruma sempre novas desculpas para voltar a escrever, o que prejudica o desenvolvimento do trabalho e acaba tornando os prazos cada vez mais apertados e até impossíveis de serem cumpridos.

E vencer a procrastinação pode não ser tão fácil. É necessário manter a disciplina e desenvolver hábitos positivos para conseguir dar continuidade ao trabalho.

Se você vive lutando contra a procrastinação, as dicas que trouxemos a seguir vão te ajudar a manter um bom fluxo de escrita para que seu livro saia dentro do prazo esperado.

Dicas para vencer a procrastinação durante a escrita de um livro

  • Coloque um prazo para conclusão do texto

Se você tem um prazo para cumprir com o trabalho, crie um prazo menor, para que você consiga cumprir mesmo que ocorram imprevistos ao longo desse tempo. Se não há um prazo definido, então crie um.

É importante sempre respeitar o seu ritmo de produção, para garantir que a obra será escrita com toda a qualidade que você almeja. 

Ter um prazo definido é de suma importância para garantir que você não postergue cada vez mais a conclusão do projeto.

  • Crie pequenas metas

Trabalhar com grandes metas é sempre desafiador. Se você precisa escrever um determinado número de páginas dentro de um período, divida isso em pequenas quantidades e crie metas menores.

Você não precisa trabalhar todos os dias focado em metas grandes, dê um passo de cada vez e, quando perceber, terá chegado no resultado final.

  • Tenha um horário definido para se dedicar ao livro

Se você puder escrever todos os dias, defina na sua agenda qual horário será dedicado ao seu livro. Se só pode fazer isso semanalmente, defina também o dia e horário.

Nesse tempo, sente-se em um local tranquilo, afaste todos os tipos de distrações e dedique-se somente a escrever. Somente com a constância e a prática é que você conseguirá avançar nos seus objetivos de escrita. Portanto, leve isso como um compromisso.

  • Reflita sobre a importância do livro para você

Refletir sobre o seu propósito com a escrita do livro é muito importante para encontrar motivação. 

Se o livro é um projeto pessoal, pense em como ele te trará realização e como se sentirá após tê-lo publicado. Se é um projeto profissional, pense também em como sua carreira pode ser transformada por ele.

Sempre que a vontade de procrastinar surgir, tire cinco minutos para lembrar do seu propósito. Isso ajudará a retomar o trabalho com muita determinação e força de vontade.

  • Utilize um timer para os momentos de escrita

Se você tem dificuldade em se concentrar e evitar distrações enquanto escreve, utilize algum aplicativo de timer. Estipule, por exemplo, de 30 minutos a 1 hora para escrever e foque no seu trabalho.

Depois de cada etapa de atenção total, tire alguns minutos para fazer uma pausa, respirar e relaxar. Faça intervalos entre o foco total na escrita e as pausas. Esse método te ajudará muito a “pegar no tranco”.

  • Trabalhe com prazos e metas tangíveis

Respeitar os seus limites é fundamental para garantir sua produtividade. Se você criar metas impossíveis de serem alcançadas, acabará gastando mais tempo se auto cobrando e procrastinando do que verdadeiramente escrevendo.

Portanto, sempre que for criar metas de trabalho e estipular prazos, seja prudente e escolha números tangíveis.

  • Reconheça seus esforços

A autocrítica pode parecer algo positivo, se olharmos como uma motivação para aprimorar cada vez mais a escrita. Porém, quando utilizada de maneira desmedida, ela pode acabar trazendo prejuízos.

Busque olhar com carinho para o seu projeto, reconheça seus esforços e alegre-se por conseguir cumprir pequenas metas. Quando uma autocrítica surgir, não a veja como empecilho ou desculpa para adiar as suas tarefas. Lembre-se do seu propósito e continue focado.

Você também pode usar as dicas do post sobre como vencer o bloqueio criativo. Elas te ajudarão a encontrar ainda mais inspiração e criatividade.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp