Eternize as suas memórias.

Como escrever uma autobiografia?

Pretende transformar sua história de vida em um livro? Confira dicas de como escrever uma autobiografia.

Você já pensou em ter a sua história transformada em um livro? Uma autobiografia é uma narração sobre a vida de um indivíduo, contada por ele mesmo, de forma documental ou ficcional.

Muitas pessoas vivenciam experiências em suas vidas que poderiam ser transformadas em livros, seja pela existência de fatos inusitados, grandes aventuras, superações e outros fatores.

As autobiografias não servem apenas como registro dessas histórias, elas permitem eternizar as memórias e servem como uma fonte de inspiração para muitas pessoas.

Se você tem uma boa história para contar e quer transformá-la em livro, a seguir nós damos algumas dicas de como escrever uma autobiografia de sucesso.

  • 1 – Faça um levantamento dos fatos

O primeiro passo para escrever uma autobiografia é fazer um levantamento detalhado de todos os fatos que você deseja que apareçam no texto. É importante pensar naquilo que realmente seja interessante contar para o mundo.

Você pode fazer isso por meio da escrita manual, anotando tudo o que lhe vier a memória. Busque anotar todas as informações que considera importantes sobre a sua infância e adolescência, sobre a família, eventos e acontecimentos marcantes.

Ainda que você não utilize todas as informações durante a escrita da autobiografia, elas são importantes para o processo de seleção do que será contado no livro, facilitando o desenvolvimento da história.

  • 2 – Pense em todos os personagens

É preciso também definir quais serão os personagens. Além de você, que é o protagonista, tente pensar naquelas pessoas que foram indispensáveis na sua trajetória de vida. Aquelas que fizeram parte dos seus melhores ou piores momentos.

Amigos, familiares, professores, parentes, inimigos, animais de estimação, todos podem ser personagens da sua autobiografia. Portanto, tente resgatar o máximo possível de nomes nesse processo inicial.

Você não precisa fazer todo o levantamento em um único dia. Estabeleça um prazo de uma semana a quinze dias para conseguir reviver todas as memórias importantes e não deixar nenhum fato interessante de fora.

  • 3 – Selecione as melhores histórias e os melhores personagens

Com todas as informações levantadas, você consegue ter uma visão geral da história e já pode selecionar aquilo que você realmente gostaria que aparecesse em sua autobiografia.

Essa seleção deve considerar o que é mais relevante, o que agrega mais valor e sentido para sua trajetória e o que merece ser lembrado.

Pense em tópicos que sejam interessantes para o leitor, como crises, frustrações, conflitos, superações, paixões, etc.

  • 4 – Seja fiel a si mesmo

Quem lê uma autobiografia quer enxergar o escritor, sua essência e verdade. Portanto, não tente se basear em outras histórias ao escrever a sua. Seja fiel ao seu próprio estilo e busque mostrar a sua autenticidade na escrita.

  • 5 – Revele fatos inusitados

A autobiografia não é uma simples narrativa ou uma lista de realizações, é uma história que também deve despertar emoções nas pessoas, curiosidade, tensão, alegria e inspiração.

Portanto, fale sobre erros, acertos, pensamentos, decepções e aquelas coisas que parecem “só acontecer com você”. Esses fatos inusitados podem acabar se tornando o ponto alto do seu livro, pois fazem com que o leitor crie conexão com o autor.

  • 6 – Peça ajuda de pessoas conhecidas

Escrever a própria história pode ser um grande desafio, afinal não sabemos como as outras pessoas se sentirão lendo algo sobre nós mesmos. 

Por isso, uma boa dica é pedir que pessoas queridas lhe deem sugestões de fatos que não podem passar em branco e assuntos que elas acham interessantes sobre você.

Pensar na experiência do leitor é muito importante para garantir que a história seja contada de uma maneira interessante.

  • 7 – Inspire-se

A escrita é um processo que exige muita inspiração. Ao longo do desenvolvimento de um livro, é natural que ocorram momentos de bloqueio criativo e de dúvidas sobre como continuar a história.

Nesses momentos, faça uma pausa e busque por inspirações. Leia autobiografias famosas, assista a filmes que contam a trajetória de vida de grandes personalidades da história e busque extrair o máximo de inspiração para o seu trabalho.

  • 8 –  Conte com a ajuda de um Ghost Writer

Você não precisa ser escritor para desenvolver a sua autobiografia. Biografias de grandes personalidades da história mundial foram escritas por ghost writers. 

Um Ghost Writer pode pegar todas as informações levantadas por você e transformá-las em uma história grandiosa, com alto nível de escrita e de forma totalmente sigilosa.

Você tem uma boa história de vida para contar ao mundo? Entre em contato conosco.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp