Eternize as suas memórias.

Dicas para melhorar textos literários

Você escreve literatura? Essas dicas vão ajudar você a melhorar seus textos literários e prender a atenção dos leitores.

Não basta ter talento, a escrita depende da prática e do aprimoramento das habilidades que se constroem no dia a dia.

Para escrever um livro é essencial ter uma boa ideia. Mas, não basta ter uma ideia e escrever o que vier à mente. É muito importante saber utilizar técnicas de escrita, ter um conhecimento rico da língua em que se escreve e saber estruturar o texto para conduzir o leitor ao longo da história.

Quem escreve textos literários sabe que para prender a atenção do leitor são necessários recursos criativos, originalidade e um bom domínio do gênero.

As dicas que trouxemos neste artigo são do livro “Como melhorar um texto literário” dos autores Lola Sabarich e Felipe Dintel, que trabalham como escritores e professores na Espanha. 

Na obra, eles apresentam uma espécie de manual prático com técnicas de narração. Veja a seguir algumas das dicas dadas no livro para melhorar textos literários.

5 dicas para melhorar seus textos literários

  • 1 – Entenda a diferença entre dizer e mostrar

Vamos supor que você deseje mostrar que o personagem está triste. Existem duas formas de fazer isso. A primeira é apresentando a informação de maneira direta: “Fulano está triste”. A segunda é mostrando isso, como por exemplo, “Fulano chora o tempo todo”.

De acordo com os autores, os textos literários onde se utiliza a estratégia de mostrar obtêm resultados melhores, pois são mais estimulantes para o leitor. Isso acontece porque, com esse método, é despertada a imaginação de quem lê, instigando sua capacidade dedutiva.

Aplicando esse recurso, a leitura se converte em um ato criativo, já que o leitor vai sendo conduzido a construir mundos ao longo do texto.

  • 2. A construção de cenas

Para os autores, a construção de uma cena depende dos seguintes fatores: moldura (elementos fixo do cenário como uma casa, objetos ou natureza); atmosfera (elementos variáveis como sons, luzes, clima, etc.); e ação (tudo o que ocorre no cenário, desde movimentos, diálogos e pensamentos).

Dessa forma, sempre que o autor quer construir uma cena, deverá fazer uso desses elementos.

  • 3. Criando expectativas

A expectativa é importante para que o leitor seja estimulado a prosseguir com a leitura, em busca do que vem pela frente. Nesse sentido, é preciso que o autor maneje as informações utilizando perguntas e respostas, enigmas, mistérios e outras estratégias que vão levando o leitor cada vez mais adiante.

  • 4. Tempo narrativo

Outra dica dos autores do livro é com relação a importância de se conhecer as diferentes formas de tratar o tempo em um texto, seja pela alteração da ordem cronológica dos fatos ou trabalhando com o tempo psicológico dos personagens.

Veja a explicação dada no livro: “Uma hora de espera ou de sofrimento pode parecer uma eternidade, três dias de felicidade podem passar num piscar de olhos, e seis anos podem ficar reduzidos à lembrança de algumas breves cenas: o tempo com frequência perde a sua dimensão real e adquire outra, por força da nossa subjetividade” (pág. 59).

  • 5. Caracterização dos personagens

De acordo com os autores, é essencial que o autor conheça a fundo os seus personagens, indo além das informações que aparecem na história. Segundo eles, é preciso conhecer a sua biografia completa, intimidades, vulnerabilidades e até coisas que eles mesmos não têm consciência.

Esse conhecimento por parte do autor contribui para que os personagens atuem de uma maneira natural e coerente ao longo da história.

Nós já falamos por aqui sobre como criar personagens para os seus livros, sugerimos que faça a leitura do artigo e aproveite as dicas. E se você precisa de ajuda para escrever o seu livro, conheça agora os nossos serviços.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp